Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Subunidades > Seção de Cães de Guerra
Início do conteúdo da página

Seção de Cães de Guerra

Publicado: Sábado, 01 de Abril de 2017, 21h49 | Acessos: 3464

A Seção de Cães de Guerra do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília foi criada no ano de 1975 e possui as seguintes missões: - Apoiar o BPEB em suas atividades operacionais; - Formar novos condutores de cães (por intermédio do Estágio de Adestrador de Cães de Trabalho Policial);

- Reproduzir e distribuir anualmente 40 novos cães militares para outros canis militares do Exército Brasileiro, particularmente aquelas OM situadas ao norte do Planalto Central;

- Fornecer atendimento clínico-cirúrgico, laboratorial e de imagem aos canis militares do Exército Brasileiro que não dispõem da estrutura veterinária hospitalar, disponível no BPEB. Este atendimento veterinário é extensivo à população civil da cidade de Brasília, mediante indenização, via GRU

Composto por animais das raças pastor-alemão e pastor-belga de malinois, o “Canil” do BPEB possui em média 30 (trinta) cães, sem contaros filhotes, rigorosamente selecionados para o trabalho.

O “Canil” do BPEB tem como missões, realizar buscas por entorpecentes, explosivos e outros materiais ilícitos nas áreas militares sob responsabilidade do BPEB e aquelas designadas pelo Comando Militar do Planalto. Integrar a tropa de choque nas operações de controle de distúrbios civis, principalmente relacionadas ao Palácio do Planalto.

Nesta mesma Seção de Cães de Guerra, são desenvolvidas doutrinas de treinamento canino junto à importantes treinadores e estudiosos do comportamento canino, tanto nacionais quanto internacionais. Saíram da Seção de Cães de Guerra do BPEB parte de alguns “Caderno de instrução” referentes ao tema, como exemplo o CI 42-30/1 2009 (Emprego do Cão de Guerra) e o recém-lançado CI 11-426 2019 (Caderno de Instrução e Adestramento de Cães de Polícia do Exército).


registrado em: ,
Fim do conteúdo da página